De quilinho em quilinho eu chego lá... Voa borboleta, voa.

Contador on line

domingo, 21 de abril de 2013

Trabalho, Casa, filhote lindo, namorido, família, meus gatos, mamys, papys, sobrinhos e afilhados, vida que segue...
Consegui marcar a consulta com o cirurgião que a Dix indica para a cirurgia bariátrica: Setembro, mais precisamente dia 30/09.
Liguei no dia seguinte a informação de que havia sido aprovada minha cirurgia. Isso me deu um desânimo. Eu já imaginava que operaria ainda este ano, impossível...
Tão desanimada fiquei, que ainda nem fui buscar a carta. Também fiquei meio sem tempo, mas devo estar me apresentando lá ainda esta semana.
No trabalho, tudo anda bem, pelo menos é o que eu acho, sei lá, né, vai que... kkkkkkkkkkkk.
Na família, ontem nasceu mais um sobrinho, João Guilherme, filho do meu mano Adriano e da cunha querida Gabriela, irmãozinho do Nicolas.
Filhote como sempre me dando orgulho, alegrias e sempre, sempre companheiro.
Namorido: Estamos nos acertando, cada um fazendo sua parte. Será que dá certo?
Ando engordando, percebo isso nas roupas. Tenho tido ataques de ansiedade absurdos e acabo compensando isso na comida, mais precisamente no chocolate ou Nutella (minha paixão). E as unhas que eu havia parado de roer, voltaram ao cotoco, afff.
Não me pesei, não tive coragem. Sei que será uma grande decepção.
Hoje até passei no mercado e comprei meu pão de forma integral light sem casca, além de mais algumas coisinhas pra ajudar na gula. Afinal, se é pra meter o pé na jaca, que seja a menorzinha né, tentar minimizar o estrago.
Vou me policiar e tentar me programar nas refeições em casa, porque quando estou no trabalho eu consigo ingerir legumes e verduras na boa. E fruta eu também consigo, com a ajuda do tiozinho da salada de frutas. Só peco no leite condensado, ahhh.
Tenho que marcar check up geral com clínico, endocrinologista, ginecologista, dermato, gastro e angiologista. Preciso verificar qualquer coisa que possa a vir atrasar mais a minha cirurgia e tentar resolver antes mesmo de chegar à equipe do cirurgião. Facilitar o trabalho deles e diminuir meu tempo de espera.
Tô focada nessa cirurgia, andei lendo sobre ela, participando de uma comunidade do face, vendo matérias e fotos de antes e depois. 
Meu maior medo é o mesmo que atinge a todos os que estão para se operar: complicações que possam levar ao óbito. Mas me preocupo também com o pós operatório, com as peles que sobrarão, com a minha vida depois de tudo isso.
É, dá pra entender porque a gula me atinge forte e as unhas foram detonadas. Eu nem mesmo tive minha primeira consulta e já estou sofrendo por antecipação. Putz, como sou exagerada em meus sentimentos.
Mas essa sou eu, não tem jeito. Posso me controlar por um tempo, porém os deslizes acontecerão, não tem como impedir. Senão, eu não seria eu.
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, dr. Marcilio David que não leia isso que escrevi, ou levarei outro puxão de orelha, e com toda razão.
Pior de tudo é que sei do meu erro, sei que devo resistir, o que tenho que fazer de certo e... E... E... Não faço.
Bom, vou mimir, hoje filho dorme cedo que amanhã tem aula, eu tô de folga, mas namorido tá chamando pra deitar.
Bjs, pessoal.

Um comentário: